domingo, 29 de março de 2020

Horóscopo Semanal






































Lua crescente em Câncer – A vida requer mais equilíbrio e razão.
A semana começa com a Lua em Gêmeos solta no céu. O domingo pode ser mais produtivo se a TV e os gadgets ficarem desligados. O excesso de informação, e muitas desencontradas, pode prejudicar mais que ajudar.
Segunda-feira a Lua em Gêmeos se desentende com Mercúrio e Netuno, mais um dia de zumbidos que não comunicam nada. Evite repassar notícias sensacionalistas e suspeitas. O dia também é não é bom para transitar, fique em casa.

domingo, 22 de março de 2020

Horóscopo Semanal






























Saturno em Aquário – Uma nova realidade.  
A primeira semana do ano astrológico começa com Saturno entrando no signo de Aquário. O planeta fica nesse signo até 03 de julho, quando retorna a Capricórnio. Depois entra em Aquário novamente em 18 de dezembro para ficar até março de 2023. Nesse período, até julho, teremos uma prévia do que virá com esse trânsito.
O senso comum é de luta pela sobrevivência e adaptação à uma nova realidade. Podemos ter restrições nas liberdades coletivas, e a responsabilidade pelas nossas ações que atingem os outros pesarão mais. Mas, também grandes avanços tecnológicos e científicos. Os mestres serão chamados a atuar em prol da sociedade e serão mais valorizados.
A Lua em Peixes no domingo é um convite à meditação e a introspecção. Na segunda-feira Ela encontra Netuno nesse signo e a sensibilidade pode transbordar. Buscar a paz  dentro de nós é importante.

terça-feira, 17 de março de 2020



Imagine o que é testemunhar o fim de uma era de dois mil anos e o início de outra.

É isso o que está acontecendo aqui e agora, comigo, com você e todo mundo. Estamos entre as eras de Peixes e Aquário.
Inícios e finais de ciclos tendem ser os períodos mais marcantes. Em época de transição não é a harmonia que reina e sim o caos.  E caos tem tudo a ver com Aquário, pois esse rege o inesperado. É ele, o caos, que pode trazer mudanças essenciais, que faz a gente ver o que antes era impossível.